Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

85% dos metalúrgicos na Mercedes rejeitam banco de horas e aprovam PLR por três anos e data base com ganho real por quatro anos

10 de Agosto de 2012, 21:00 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 678 vezes

A assembleia de votação das Propostas do Acordo Coletivo foi realizada no último dia 07, com votação em escrutínio secreto. Diante das duas propostas apresentadas, a segunda apesar de ser semelhante à primeira em relação aos valores econômicos, venceu com 85% de aprovação por não apresentar banco de horas. Este foi o grande diferencial. Também foram garantidos a PLR 2012/2013/2014 e a data base com ganho real 2012/2013/2014/2015.

A votação nas urnas proporcionou maior tranquilidade e segurança para os trabalhadores na Mercedes. O Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora e Região (STIM) agradece aos metalúrgicos pela participação, seriedade e reitera que a conquista foi permitida pelo comprometimento e responsabilidade de cada trabalhador em exercer o seu direito ao voto, tornando assim a participação democrática de todos. Em momentos de incerteza da economia global e na busca de fortalecer a geração de emprego e renda indicamos a aprovação do Acordo Coletivo mais longo, pois nos dar o folego que precisamos para realizarmos mais efetivamente nosso trabalho no chão de fabricar que é organizar os Trabalhadores e Trabalhadoras para debater outras pautas como:

  • Debater junto com os Trabalhadores o Plano de Cargos e Salários
  • Intensificar a Luta pela Redução da Jornada de Trabalho sem redução de Salários e Direitos
  • Garantir emprego e Renda,  trabalhar  a promoção da geração de emprego a partir do Cálculo da Mão-de-Obra
  • Construir a consciência de Classe junto aos Trabalhadores sobre a importância do Mapeamento do Processo Produtivo, usando essa ferramenta com o objetivo de mobilizar os Companheiros para as lutas do dia a dia.

"Acredito que ai sim, teremos avanços para Minas Gerais na prática, digo isso pois a importância nas lutas e as conquistas dos Trabalhadores na Mercedes Benz em Juiz de Fora, vai nortear o resto do Estado com este acordo coletivo principalmente no setor automotivo Mineiro", afirma Henrique Almeida, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos em Juiz de Fora.


Tags deste artigo: henrique almeida juiz de fora metalúrgicos sindicato sindicalismo organização luta conquista plr mcpp mapeamento

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar