Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Ato condena ataque de revista a Lula

20 de Setembro de 2012, 21:00 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 209 vezes

Segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, reportagem de “Veja” foi “tentativa da mídia de enfraquecer a classe trabalhadora”

Por Redação da Rede Brasil Atual

Ato condena ataque de revista a Lula

O presidente da CUT critica jornalismo partidário de Veja (Foto: Gerardo Lazzari/RBA)

São Paulo – O presidente da CUT, Vagner Freitas, criticou duramente a reportagem de capa publicada nesta semana pela revista Veja, a qual associa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao mensalão com base em "supostas" declarações de "pessoas próximas" ao publicitário Marcos Valério. A crítica foi feita durante o ato unificado das categorias em campanha salarial, realizado na Avenida Paulista. Segundo Freitas, a reportagem foi uma “tentativa da mídia de enfraquecer a classe trabalhadora”.

“O ex-presidente nem foi citado no processo que investigou o mensalão. Derrotando o ex-presidente Lula, eles derrotam todos nós", acrescentou o sindicalista. Ao final de sua fala, os manifestantes entoaram a palavra de ordem "O Lula é meu amigo. Mexeu com ele, mexeu comigo”.

Ainda nesta quinta, os presidentes do PT, Rui Falcão; do PSB, Eduardo Campos; do PMDB, Valdir Raupp; do PCdoB, Renato Rabelo; do PDT, Carlos Lupi e do PRB, Marcos Pereira, assinaram e divulgaram uma nota conjunta em defesa do ex-presidente Lula, também condenando a revista da Editora Abril por "pretender transformar em verdade o amontoado de invencionices colecionado a partir de fontes sem identificação".


Tags deste artigo: mentira verdade liberdade de expressão veja cut lula pt

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar