Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Brasil propõe acordo para reduzir tarifas de roaming. EUA e telefônicas são contra!

27 de Junho de 2012, 21:00 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 346 vezes

O Brasil fez propostas para um acordo global em comunicações que visa cortar significativamente os custos de "roaming internacional", as chamadas pelo celular feitas no exterior.

O Brasil propõe que a tarificação usada para as chamadas feitas pelo cliente com seu celular no exterior seja aquela do plano mais popular do país em que ele tenha feito a chamada. Assim, um brasileiro usando seu celular nos EUA pagaria a taxa local de um operador americano, como AT&T ou Verizon, sem nenhuma cobrança adicional.

A União Europeia, que possui mecanismo parecido em seus 27 paises-membros, inicialmente mostrou simpatia pela ideia brasileira, mas agora hesita. Os governos do velho continente temem que ficará mais caro para um europeu usar seu celular no Brasil,  esquecendo-se que  duas das maiores operadoras que atuam no Brasil são europeias (Vivo e Tim) e que a Oi é associada à Portugal Telecom,  também europeia.

O Brasil propõe ainda a criação de "roaming fronteiriço", onde a chamada deve ter a taxa local nos 25 quilômetros de cada lado da fronteira. Assim, um brasileiro usando o celular na fronteira argentina normalmente deveria pagar chamada local, sem taxação adicional como atualmente.

Os EUA se opõem a qualquer iniciativa limitando os custos de "roaming". As teles também começam a se mobilizar para opor-se à proposta.


Tags deste artigo: teles telefonia celular transnacionais lucros exorbitantes ganância europa roaming internacional telecomunicações mundo eua brasil

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar