Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Metalúrgicos de Ponta Grossa visitam Comissão de Fábrica dos Trabalhadores na Volvo

13 de Março de 2013, 21:00 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 391 vezes

Participaram do encontro (foto acima - da direita para esquerda) o Coordenador da Comissão de Fábrica da Volvo o Sr. Rogério Schemberge dos Santos, Sérgio Luís Bertoni da TIE-BRASIL, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos Mauro Cesar Carvalho Pereira e os diretores Claudir Messias da Rosa e Wilson Kaminski.

Com a instalação da montadora de caminhões DAF em Ponta Grossa, os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos estão se preparando para este novo segmento da categoria na região.  Uma das lutas imediatas que o sindicato irá ter após a contratação dos metalúrgicos na montadora será a implantação da Comissão de Fábrica, importante instrumento de organização no local de trabalho.

A Comissão de Fábrica é o instrumento de negociação permanente entre os trabalhadores e a direção da empresa. Ela é responsável pela negociação de diversas questões como: salários, melhorias no ambiente de trabalho, saúde do trabalhador e PLR. Em 2012 o presidente Mauro participou de um encontro sindical na Alemanha e conheceu o sistema de Comissão de Fábrica europeu e no último dia 19 de fevereiro foi conhecer como funciona a Comissão de Fábrica da montadora de Caminhões Volvo, em Curitiba.

Os quatro mil metalúrgicos da montadora de caminhões Volvo de Curitiba tem sua Comissão de Fábrica há mais de 25 anos, foi a primeira do Paraná e é referência no meio sindical e empresarial, foi constituída nos moldes das organizações de local de trabalho de São Paulo e já teve várias conquistas como a ampliação do Ticket Alimentação de R$60,00 para R$200,00, aprovação da redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e a implantação da Participação nos Lucros e Resultados, que em 2012 pagou mais de 24 mil reais para cada trabalhador.

A Comissão de Fábrica da Volvo, tem três anos de mandato, é formada por 16 membros e trata de tudo aquilo que é interesse do trabalhador. No dia-a-dia, vamos identificando todas as necessidades dentro da fábrica e repassando para a direção. Isso faz com que os problemas sejam resolvidos logo quando surgem, melhorando muito o ambiente de trabalho que é bom para o trabalhador, que produz mais satisfeito e para a direção que obtém melhores índices de produção e qualidade.” Explica Rogério Santos - (foto centro).

Aqui no Brasil esta forma de organização no local de trabalho já está sendo utilizado desde 1981, sendo que foram os trabalhadores da FORD do ABC que conquistaram a primeira depois de três dias de greve.


Tags deste artigo: comissão de fábrica metalúrgicos olt liberdade e autonomia sindical organização no local de trabalho intercâmbio de experiências tie tie-brasil metalurgente curitiba ponta grossa paraná brasil indústria auto desenvolvimento solidariedade luta organização

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar