Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

Nas redes sociais, tucanos defendem volta do voto censitário

1 de Junho de 2013, 21:00 , por Bertoni - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 254 vezes
Licenciado sob CC (by)

Moçada do PSDB mostra, nas redes sociais, toda sua modernidade e defende a ressurreição do voto Censitário.

Sempre soubemos que eles são tão modernos quanto o feudalismo.

Voto censitário

O Voto censitário era a concessão do direito do voto apenas àqueles cidadãos que possuíam certos critérios que comprovassem uma situação financeira satisfatória. Desse modo, os cidadãos eram classificados em ativos – que pagavam impostos- e passivos que tinham uma renda baixa. Apenas os ativos tinham o direito de votar.

Na época colonial, só podiam votar (e ser votados) nobres, burocratas, militares, comerciantes ricos, senhores de engenho e homens de posses, mesmo analfabetos. Em 25 de março de 1824, D. Pedro I outorgou a primeira Constituição brasileira e estabeleceu o voto censitário. O processo eleitoral seria realizado em dois turnos: eleições primárias, para a formação de um colégio eleitoral que, nas eleições secundárias, elegeria os senadores, deputados e membros do Conselho da Província. Só o alcaide-mor, espécie de prefeito, era indicado pelo rei.

Hoje, diferente daquela época, o direito de voto é universal, independente de renda, raça ou religião, o que é mais democrático.

O voto no Brasil é obrigatório e um direito de todo cidadão brasileiro acima de 16 anos.

Fonte: http://www.turminha.mpf.gov.br/eleicoes/turminha-nas-eleicoes-2012/voce-sabia/voto-censitario


Tags deste artigo: modernidade tucana voto censitário atraso burrice conservadorismo tacanho

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar