Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

RodapéNews - 23/03/2013, Sábado - Projeto de MILICANALHA do Vereador Paulistano Coronel Telhada é Erro Histórico

22 de Março de 2013, 21:00 , por Castor Filho - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 91 vezes
(informações de rodapé e outras que talvez você não tenha visto)
De: Paulo Dantas


VEREADORES PAULISTANOS "COMEM BOLA" COM ERRO HISTÓRICO E DESSERVIÇO À SOCIEDADE  POR PARTE DO VEREADOR CORONEL TELHADA (PSDB), CASO PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO (PDL), DE SUA AUTORIA, PROSPERE NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO

 

Folha – 22/03/2013

Telhada elogia ação da Rota na ditadura e propõe homenagem

A Rota, tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo, pode ser homenageada com a Salva de Prata, uma das comendas mais importantes do município, que é concedida pela Câmara Municipal.

A homenagem foi proposta pelo vereador Paulo Telhada (PSDB), coronel da reserva que já chefiou a Rota --segundo afirma no projeto, "pelos relevantes serviços prestados à sociedade brasileira".

Para Maria Aparecida Aquino, professora de história da USP, os episódios usados como justificativa no projeto de Telhada representam um "desserviço" à sociedade.

"A repressão àqueles que se opuseram ao regime militar foi feita de modo bastante violento. Não se encontrava prevista na lei a possibilidade de torturas, desaparecimentos e mortes", disse

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1250488-telhada-elogia-acao-da-rota-na-ditadura-e-propoe-homenagem.shtml

 
Estadão – Blog do Roldão Arruda - 22/03/2013

ONG quer explicações de Telhada na Comissão da Verdade

O projeto de lei apresentado pelo vereador paulistano Coronel Telhada, propondo a concessão da Salva de Prata da Câmara para a Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar) está provocando reações em organizações de defesa de direitos humanos. O que chamou a atenção dessas organizações foi o texto que o vereador apresentou para justificar a honraria.

Ao lembrar fatos do “passado heroico” da Rota, ele mencionou suas campanhas contra grupos guerrilheiros que se levantaram contra a ditadura militar. Citou especialmente os seguidores de Carlos Lamarca e Carlos Marighella, mortos por agentes da repressão.

No momento em que comissões da verdade espalhadas por todo o País insistem em afirmar que não havia nada de heroísmo nas ações da repressão, as reações ao texto de Telhada já deviam ser esperadas. Nesta sexta-feira, 22, a Conectas Direitos Humanos divulgou nota oficial qualificando as afirmações do vereador como “um erro histórico”.

Na avaliação da ONG, a Comissão Estadual da Verdade Rubens Paiva deveria convocar Telhada a prestar esclarecimento sobre qual foi exatamente o papel da Rota na ditadura

 
ÍNTEGRA E TRÂMITE DO MALFADADO PROJETO DO CORONEL TELHADA
 
Íntegra
 
Trâmite
Para acompanhá-lo, Indique no quadro de pesquisa:
Tipo de projeto: Projeto de Decreto Legislativo
Número do projeto: 6
Ano: 2013
 
APROVAÇÃO DA PROPOSTA
Passeaki
Homenagem de Telhada à Rota está a três votações de se concretizar
 
 

Fonte: Castor Filho

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar