Ir para o conteúdo

TIE-Brasil

Voltar a TIE-Brasil
Tela cheia Sugerir um artigo

RodapéNews - 27/07/2013, sábado – Imprensa Subornada Pelo PSDB em São Paulo com a Grana das Fraudes

27 de Julho de 2013, 8:30 , por Castor Filho - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 78 vezes

(informações de rodapé e outras que talvez você não tenha visto)

De: Paulo Dantas

 

QUEM MAIS CLAMA CONTRA CORRUPÇÃO (REDE GLOBO, VEJA & CIA), FECHA OS OLHOS A ESTA FRAUDE BILIONÁRIA

 

BLINDADO PELA MÍDIA VENAL, ACHAQUE DOS TUCANOS AO PATRIMÔNIO PÚBLICO PAULISTA FOI UMA CONSTANTE NOS ÚLTIMOS 17 ANOS

 

REVISTA DIZ QUE ANÁLISE DE DOCUMENTAÇÃO EM PODER DO CADE E DO MP REFERENTE A APENAS 16 CONTRATOS DO METRÔ E CPTM - SÃO CENTENAS - APONTAM PARA UM SUPERFATURAMENTO DE, NO MÍNIMO, R$ 425 MILHÕES.

 

TUCANOS QUEIMAM ARQUIVOS COM TODA A DOCUMENTAÇÃO DO METRÔ - DE 1977 A 2011- ATO CRIMINOSO PARA ESCONDER AS FALCATRUAS.

 

IstoÉ - 31.07.2013 - Reportagem constante da edição impressa deste final de semana

 

Trens e Metrô superfaturados em 30%

 

Ao se aprofundarem, nos últimos dias, na análise da papelada e depoimentos colhidos até agora, integrantes do Cade e do Ministério Público se surpreenderam com a quantidade de irregularidades encontradas nos acordos firmados entre os governos tucanos de São Paulo e as companhias encarregadas da manutenção e aquisição de trens e da construção de linhas do Metrô e de trens. 

 

Uma das autoridades envolvidas na investigação chegou a se referir ao esquema como uma fabulosa história de achaque aos cofres públicos, num enredo formado por pessoas-chaves da administração – entre eles diretores do metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) –, com participação especial de políticos do PSDB, os principais beneficiários da tramoia. Durante a apuração, ficou evidente que o desenlace dessa trama é amargo para os contribuintes paulistas.

 

A investigação revela que o cartel superfaturou cada obra em 30%. É o mesmo que dizer que os governantes tucanos jogaram nos trilhos R$ 3 de cada R$ 10 desembolsado com o dinheiro arrecadado dos impostos. 

 

Foram analisados 16 contratos correspondentes a seis projetos. De acordo com o MP e o Cade, os prejuízos aos cofres públicos somente nesses negócios chegaram a RS 425,1 milhões. Os valores, dizem fontes ligadas à investigação ouvidas por ISTOÉ, ainda devem se ampliar com o detalhamento de outros certames vencidos em São Paulo pelas empresas integrantes do cartel nesses e em outros projetos

 

http://www.istoe.com.br/reportagens/316224_TRENS+E+METRO+SUPERFATURADOS+EM+30+?pathImagens=&path=&actualArea=internalPage


Fonte: Castor Filho

0sem comentários ainda

    Enviar um comentário

    Os campos realçados são obrigatórios.

    Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.

    Cancelar